segurança geração

Testamos o novo XC60

O SUV mais vendido da marca sueca Volvo tem exclusivos itens de segurança e tecnologia, conheça os detalhes

00:00 · 04.09.2017 por André Marinho* - Editor
Volante multifuncional tem rápida resposta e o painel tem informações importantes e visíveis para o condutor ( Fotos: divulgação )
A central multimídia é um dos destaques no interior do carro, por parecer um tablet e ficar na vertical, enquanto em outros veículos é na horizontal

SUV mais vendido da marca sueca no mundo, a segunda geração do XC60 desembarca no País com pretensão de liderar o segmento, hoje na mão da Land Rover, com o Discovery Sport, que teve 1.722 unidades emplacadas entre janeiro e julho de 2017. 

Conforto, performance, segurança e tecnologia o carro tem de sobra. E verificamos isso em um test-drive de longa distância, saindo da capital paulista rumo a Dourado, passando por Limeira e Brotas, no interior paulista.

Entre idas e vindas, foram 750 quilômetros a bordo do modelo intermediário, Inscription.

O modelo ficou 9 cv mais potente e cresceu, em relação a geração anterior. São 9 centímetros a mais de entre-eixos, 4 cm a mais no comprimento e 11 cm a mais na largura. 

Por enquanto, o único conjunto mecânico oferecido é o T5 Drive-E 2.0 de 254 cv de potência, 35,6 kgfm de torque, transmissão automática de oito velocidades e tração integral em todas as versões. As configurações diesel e híbrida chegam no segundo semestre do ano que vem.

Por fora, os novos faróis e lanternas são os responsáveis por deixar o Volvo XC60 mais moderno. A luz diurna em formato de T e as lanternas que se prolongam na tampa do porta-malas chamam atenção.

O interior requintado segue o DNA do XC90, irmão maior: ganhou a tela vertical sensível ao toque de nove polegadas. O painel tem detalhes de madeira e os bancos dianteiros oferecem ajustes elétricos e são aquecíveis. Apenas o assento do motorista possui função de memória, que minimiza o trabalho de quem compartilha o carro e precisa regular cada vez que vai dirigir.

O SUV da Volvo é perfeito para viagens longas. O volante é pequeno, a direção é calibrada na medida certa e o carro é leve. E tem modos de condução para todos os gostos: comfort, efficiency, dynamics, off-road (entrega a força do motor de forma mais suave) e individual. O mais divertido é o dynamics, o qual eleva o giro e deixa a resposta do acelerador mais rápida. Porém, é na tecnologia que o veículo se diferencia.

As funções semiautônomas e de segurança facilitam a vida do condutor. O XC60 tem funções que consertam o volante caso o carro comece a mudar de faixa sem que o motorista tenha dado a seta. Existe ainda um sistema de proteção em saída de estrada, outro de proteção contra impactos laterais e lesões na coluna cervical e alerta de colisão frontal. As versões Inscription e R-Design acrescentam ainda alerta de colisão traseira, sistema de alerta de ponto cego (BLIS) e controle de cruzeiro adaptativo (ACC) com assistente de direção semiautônoma (Pilot Assist) até 130 km/h.

O Pilot Assist é um sistema que possui câmeras e radares e é capaz de seguir o carro da frente e as faixas da pista – o carro controla o acelerador, o freio e até a direção. Não é necessário nem se preocupar com o limite de velocidade, já que também consegue ler a maioria das placas. Só falha quando a sinalização brasileira foge do padrão. Não é recomendável (ainda) tirar as mãos do volante, mas vale dizer que o sistema funciona com eficiência e revela quão à frente a montadora está na corrida pelos autônomos.

Tivemos oportunidade de conferir esses equipamentos e todos são muito importantes para quem está dirigindo na estrada, por muito tempo, sem descanso.

A versão dirigida vem equipada com: ar-condicionado digital duas zonas, trio elétrico, computador de bordo, alarme, função start/stop, faróis 100% LED, faróis de neblina de LED, teto solar panorâmico elétrico, controle de cruzeiro, painel de instrumentos digital de 12,3 polegadas, central multimídia com tela sensível ao toque de 9 polegadas com Apple CarPlay e Android Auto, estradas USB e auxiliar, bluetooth, volante multifuncional, sistema de áudio com 10 alto-falantes e 330 watts, subwoofer, GPS, assistente de partida em rampa, assistente de descidas íngremes. O presidente da Volvo do Brasil, Luis Rezende acredita muito no sucesso do carro e no alto volume de vendas da marca, que deve ser ainda maior em março com a chegada de um SUV menor, o XC40.

Ficha técnica

Motor: 2.0 l, turbo, 4 cilindros, 16v
Potência: 254 cv a 5.400 rpm
Torque: 35,6 kgfm a 4.800 rpm
Transmissão: automática, 8 velocidades
Direção: elétrica
Porta-malas: 505 litros
Tanque: 71 litros
Preços/Versões:

R$ 239.950 (Momentum) R$259.950 (Inscription)
R$ 269.950 (R-Design)

Fonte: Volvo

Mais informações:

Confira notícias, imagens e vídeos curiosos no blog do automóvel: blogs.diariodonordeste.com.br/automovel

*O editor viajou a Dourado (SP) a convite da Volvo

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.