Mercado

Honda celebra crescimento no primeiro semestre

A produção e a venda apresentaram alta, principalmente nos segmentos de alta cilindrada e scooters

11:24 · 13.07.2018 / atualizado às 11:28
No primeiro semestre, a Honda mantém a liderança no mercado brasileiro. Com 363.030 unidades, ela detém de 79,46% de participação, com uma distância grande da Yamaha, que com 61.647 está em segundo lugar com 13,49% de market share.
 
Além disso, a marca celebra resultados positivos no balanço desses primeiros seis meses do ano. Ela teve 8,59% de crescimento no volume total de motos emplacadas, diante das 334 mil unidades comercializadas no mesmo período de 2017. A produção acompanhou a tendência e cresceu 13,17%, com 372 mil unidades produzidas na fábrica da empresa, em Manaus-AM.
 
No extrato por região, houve maior avanço no Sul do País com destaque para os estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, que cresceram 34%, 30,5% e 30,3%, respectivamente, no primeiro semestre deste ano. Porém, o maior volume continua sendo na região Nordeste, com 35% de representatividade no cenário nacional.
 
O segmento de alta cilindrada para a Honda apresentou avanço de 48,1%, com 5.571 unidades comercializadas no último semestre, ante 3.761 no mesmo período de 2017, consagrando a liderança da empresa neste segmento, com 25,9% de market share. O destaque foi o modelo CB500X, que apresentou o maior volume de emplacamentos, com 1.561 unidades.
 
A Honda Motocicletas também obteve destaque no segmento de scooters, que cresceu 37,5% nos seis primeiros meses deste ano. Foram 19 mil scooters emplacadas entre janeiro e junho deste ano, ante 13.800 no mesmo período de 2017. O modelo de maior volume é a PCX, que foi entregue a 15 mil clientes nos últimos seis meses.
 
Com relação às exportações da Moto Honda da Amazônia, houve um crescimento de 22%, com 28.461 motocicletas exportadas no período. Entre os principais mercados estão países como Argentina, Colômbia, Peru, Costa Rica, Canadá, México, Estados Unidos, entre outros.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.