Mercado

Fiat aposenta o Palio

Hatch compacto da marca sai da linha de montagem e deixa legião de fãs após 3 milhões de unidades vendidas em 22 anos

10:58 · 22.02.2018 / atualizado às 11:03

Discretamente, sem divulgar para ninguém, e sem assumir oficialmente, a Fiat tirou de linha um sucesso: o Palio. 22 anos depois de lançado - chegou ao  mercado em abril de 1996 -, com 3 milhões de unidades vendidas, o Palio não está mais à venda no site da marca. Quem quiser um compacto hatch Fiat deve optar por Mobi, Uno ou o Argo. Nas concessionárias restam poucas unidades do carro. Ligamos para um loja da  marca em Fortaleza e último Palio tinha sido vendido em agosto de 2017. Nas versões 1.0, ao preço de R$ 38.990 e outro 1.4 l ao preço de R$ 42.990.

A Fiat ainda mantém o carro na linha de montagem, mas por pouco tempo e são poucas concessionárias que ainda têm no estoque. Depois da chegada do Argo, Palio, Punto, Linea, Gran Siena e Palio Weekend saíram do line-up. A picape Strada continua. Embora o plano original fosse manter o Palio na linha, pelo menos nas versões mais baratas, sua queda nas vendas fez a Fiat rever a estratégia. Não ficou nem mesmo para virar um “Palio Fire”, como aconteceu na geração passada do compacto. Fechou 2017 com 20.138 unidades, menos do que as 27.925 do Argo, que estreou na metade do ano. Com certeza a saída do Palio vai deixar fãs nostálgicos pela confiabilidade, economia e resistência do veículo. Adeus Palio, descanse em paz.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.