automóvel moderno

Empresa alemã cria 'versão nervosa' de Fusca conversível com 210 cavalos

Ele possui motor de 4 cilindros contrapostos, chamado de boxer, de 2.7 litros. A potência é de 210 cavalos, com pouco mais de 25 kgfm de torque

14:54 · 21.04.2018 / atualizado às 15:55
Não há preço ou produção em série prevista para o modelo ( Foto: divulgação )

Após versões com teto solar, conversíveis, bugues e versões turbinadas, preparadores alemães da Memminger levaram o Fusca a um nível um pouco mais alto, e resolveram criar uma versão "nervosa" do modelo. Ele possui motor de 4 cilindros contrapostos, chamado de boxer, de 2.7 litros. A potência é de 210 cavalos, com pouco mais de 25 kgfm de torque.

De acordo com a empresa, este motor é baseado no do Porsche 914, mas com algumas modificações. Não foram divulgados números de desempenho. Mas, considerando que o Fusca é um modelo leve, os números devem ser animadores.

Fusca moderno

O visual é um tanto diferente dos demais Fusca. Ele tem a bitola mais larga, é mais baixo, e teve os bancos traseiros removidos, substituídos por santantônios para os passageiros da frente. Os pneus são bem mais largos do que os do modelo "civil" - 225/45 na frente e 255/40 atrás. As rodas são de 18 polegadas.

O Fusca da Memminger também tem alguns recursos modernos, caso dos faróis de LED e dos freios a disco nas quatro rodas.

Não há preço ou produção em série prevista para o modelo. Como a Memminger é uma restauradora, é possível imaginar que o exemplar seja único.

*Com informações do G1

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.