Em breve

Confira cronograma e modelos de carros a serem lançados em 2018

Em janeiro, a Volksvagen conta com o test-drive do Virtus. Em fevereiro, direto da Argentina, a Fiat lança o Cronos; veja outros destaques

O esportivo Alpine é um dos carros esperados para 2018
09:20 · 24.12.2017 / atualizado às 09:24
Virtus: com entre-eixos igual ao Jetta, o seu bagageiro é amplo, com 551 litros, e na Highline é possível rebater os bancos dianteiro e traseiro ganhando mais espaço

2018 se aproxima e já com muitos lançamentos anunciados. Em janeiro, nos dias 22 e 23, a Volkswagen reservou agenda para o test-drive do Virtus. O sedan virá nos motores 1.6 e 1.0 TSI. Entre os principais difenciais está o inédito manual cognitivo, que responde informações sobre o modelo e dúvidas automotivas de forma simples, seja utilizando texto ou até vídeo. O objetivo é compreender as perguntas mesmo usando expressões regionais. 

Em fevereiro, será a vez do Fiat Cronos, direto da Argentina. O sedan do Argo compartilha a dianteira e o interior do hatch, porém se destaca com a traseira com suas lanternas em estilo 3D. O porta-malas promete ser maior que o Virtus, um pouco mais de 520 litros (o da Volks é de 521 litros).

No mesmo mês, no dia 22, chega a nova Amarok V6 Highline, com motor 3.0 V6 turbodiesel de 225 cv combinado ao câmbio automático de oito marchas. A pré-venda com 450 unidades, por R$ 18.710, esgotou em 24 horas e a entrega será feita a partir de 14 de fevereiro. Uma expectativa dentro da marca é quanto ao SUV T-Cross, baseado também no Novo Polo. Ele será montado na fábrica de São Bernardo do Campo, em São Paulo.

Com a Renault, podemos esperar o retorno do esportivo Alpine. Recém-lançado na Europa, ele vem com motor 1.8 de quatro cilindros turbo com 252 cv e 32,6 kgfm de torque entre 2.000 e 5.000 rpm - o mesmo do novo Megane RS. A caixa de câmbio Getrag de dupla embreagem e sete marchas leva o cupê de tração traseira de zero a 100 km/h em 4,5 segundos. A velocidade máxima é limitada a 250 km/h.

Além disso, no Salão do Automóvel de São Paulo, a partir do dia 8 de novembro, o destaque da marca será a Alaskan. Importado da Argentina,a picape é baseada na nova geração do Nissan Frontier. Entre as suas características está a capacidade de carregar uma tonelada, com opção de rebocar até 3,5 toneladas. Já o Koleos, que estava programado para 2017 no trio com Captur e Kwid, foi adiado por problemas de tropicalização para a gasolina local, segundo a assessoria. Mas, a previsão é ainda vir em 2018.

Confirmado está o BMW X2, que será apresentado globalmente durante o Salão de Detroit, nos Estados Unidos. Ele virá no primeiro semestre de 2018 ao lado do novo X5, já divulgado que virá por R$ 648.950. E a Honda confirmou a comercialização do novo Civic Si no Brasil. O modelo será oferecido na versão cupê de duas portas. O motor é o 1.5 turbo de 208 cv combinado ao câmbio manual de seis marchas.

E previsto está o Ford EcoSport com tração integral e também Toyota CH-R, mas sem definição de datas. O modelo da Toyota já circula pelo País em teste e está em processo de adaptação do motor. Além disso, segundo a marca, ainda estão lidando com a planta da Turquia - fábrica de onde virá o carro - que está sobrecarregada com Europa e EUA. No entanto, a japonesa já confirmou que virá no segundo semestre do próximo ano o Yaris. Ele será fabricado em Sorocaba junto com o Corolla e virá ao Brasil na configuração hatch e sedan. Atualmente, está disponível apenas em Bangcoc, na Tailândia.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.