Segurança

Boné tecnológico alerta caminhoneiros com sono

O SafeCap identifica os movimentos de cabeça associados a sonolência e avisa o motorista para fazer uma pausa de descanso

11:43 · 19.10.2017 / atualizado às 13:51
Boné Alerta
O boné inteligente é uma das atrações mais concorridas da Fenatran ( Foto: Divulgação )

O boné inteligente criado pela Ford que alerta o caminhoneiro quando ele está com sono ao volante é uma das atrações mais concorridas da Fenatran, realizada esta semana em São Paulo. A marca reservou uma área no seu estande onde os visitantes podem testar o acessório e também divulgou um vídeo sobre o funcionamento da tecnologia, com depoimentos reais que mostram a sua utilidade na estrada.

Equipado com um acelerômetro, um giroscópio e uma central de processamento, o Boné Alerta, também chamado de SafeCap, identifica os movimentos de cabeça associados a sonolência e avisa o motorista para fazer uma pausa de descanso com três tipos de sinais: vibratório, visual e sonoro.

No vídeo, o caminhoneiro Jorge Barbosa conta sua experiência com esse tipo de situação na estrada. “Cochilei na direção e, quando acordei, vi a traseira de um caminhão lento na minha frente. Para não bater, tive de desviar e ultrapassar sem a menor segurança. Nem deu tempo de ver se vinha vindo alguém, porque, se estivesse, com certeza eu não estaria aqui para contar essa história.”

A produção inclui também depoimentos da esposa do caminhoneiro, Leonice, e suas filhas Ana e Grace, falando da preocupação quando ele sai para o trabalho de madrugada. Ainda em fase de protótipo, o boné antissono foi desenvolvido pela Ford em parceria com especialistas para ajudar a aumentar a segurança nas estradas.

“O boné consegue detectar os movimentos de cabeça provavelmente até numa fase antes do sono, quando o motorista já está com o tônus muscular relaxado. Assim, pode prever o sono antes do caminhoneiro estar dormindo realmente”, explica a dra. Lia Bittencourt, do Instituto do Sono, que participou do desenvolvimento do acessório.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.