Ação

Audi inicia capacitação profissional para jovens carentes

São 800 horas de curso em 2017, que incluem ensinamentos em mecânica veicular e desenvolvimento pessoal

12:02 · 16.05.2017
Projeto social da Audi
Projeto social em parceria com a Fundação Projeto Pescar é realizado em São Paulo
A Audi do Brasil irá capacitar 15 jovens carentes da capital paulista em um projeto social que a montadora lançou em março, em parceria com a Fundação Projeto Pescar. Com idade entre 16 e 19 anos, os aprendizes, que estão em situação de vulnerabilidade social, estão recebendo capacitação profissional em ‘Manutenção de Mecânica Veicular’, além de conteúdos que contemplam o desenvolvimento pessoal e aspectos ligados à cidadania. As 800 horas de aulas estão sendo ministradas de forma voluntária pelos colaboradores da empresa ao longo de 2017.
 
As aulas, que estão sendo realizadas no Centro de Treinamento e Competência Tecnológica da Audi, desde março em São Paulo, são ministradas exclusivamente por colaboradores da Audi. A empresa montou uma equipe técnica para lecionar sobre mecânica veicular, com foco em profissionalização, em uma grade que abrange 40% de todo o curso. As demais horas são voltadas para o ensino da língua inglesa, matemática, informática, além de questões voltadas à cidadania, como diversidade cultural e social, entre outros.
 
Para a seleção dos jovens aprendizes, a Audi disponibilizou em escolas públicas da capital paulista um formulário de inscrição, para ser preenchido por interessados com renda familiar per capita de até meio salário mínimo. Os interessados passaram por uma triagem, com entrevista individual e visita domiciliar. A turma de 2017 recebeu uniforme, transporte e alimentação. A ideia é que o projeto seja permanente, formando novos jovens no futuro.
 
O Projeto Pescar tem presença em cinco países e já atendeu quase 28 mil jovens em situação de vulnerabilidade, reunindo mais de 2500 voluntários. O índice de empregabilidade dos aprendizes que passam pelos programas de capacitação oferecidos em parceria com as empresas é de mais de 90%.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.