lançamento

Novo desafio para linha Hilux

"Challenge" é o nome do mais novo membro da família. Com ele, agora são 11 opções à picape, além de outras 7 ao SUV

Mais equipada: série especial vem com nova grade do radiador e protetor de para-choques em preto
00:00 · 06.11.2017 por Camila Marcelo* - Repórter
As novidades no interior ficam por conta do ar condicionado digital automático, bancos com novo tecido e costuras em vermelho, além da mesma cor estar na barra do painel. A versão conta ainda com uma central multimídia touchscreen de 7"
Os faróis dianteiros vêm com máscara negra e as lanternas traseiras são escurecidas. Esse estilo "dark" também segue para os adesivos nas laterais e na traseira da caçamba, além das rodas aro 17 com design em preto ( Fotos: divulgação )

A linha 2018 da hilux não sofreu facelift ou incorporou mais equipamentos. Mas, isso não significa que ficou estagnada. Na verdade, agora ela traz novas opções para gama, contando dessa vez com onze membros na família. O principal destaque é a série especial sr challenge. Não há limite de unidades, apenas o prazo de um ano para suas vendas. Porém, essa questão parece ser negociável. A expectativa é emplacar 200 veículos por mês dessa versão.

A sua principal característica é ser recheada por equipamentos os quais, se colocados à parte, sairiam mais caro ao consumidor, principalmente pelos estribos tubulares, as novas rodas de 17 polegadas em preto e os santo antonios. No geral, os extras custariam em média r$ 10 mil, no entanto, reunidos nessa opção, ficaram na faixa dos r$ 8 mil. "a gente identificou junto aos clientes, que são o público-alvo desse tipo de carro, quais são os itens que eles mais identificam como sendo os principais que poderiam agregar esse espírito de aventura à hilux", pontua roger armellini, gerente geral de marketing, produto e preço da toyota.

Oferecido com exterior branco ou vermelho, o preto predomina no detalhe, como nos adesivos na lateral e traseira da caçamba, no protetor de para-choques, na capa dos retrovisores, na moldura nos paralamas, nas maçanetas e na grade do radiador. Fora isso, as lanternas e os faróis são escurecidos.

No interior, o preto ainda impera, mas o vermelho dá o ar da graça na barra do painel e na costura do volante, da porta e dos assentos. Em equipamentos, vem com vidros com antiesmagamento e função de um toque para subida e descida; travas e retrovisores elétricos; volante com comandos de voz, de áudio e telefone; display com múltiplas funções em tela preto e branco; tela sensível ao toque de 7" com dvd, mp3, entrada auxiliar de vídeo e seis alto-falantes, além de informações de consumo de combustível e câmera de ré. A novidade, comparada a anterior sr diesel, é o ar condicionado automático digital.

Lembrando que o motor é o 2.8l turbo diesel combinado ao câmbio automático de seis marchas. O modelo já está disponível nas concessionárias pelo valor local de r$ 165.100.

Novos membros

Para atender, segundo Roger, aquele consumidor mais sensível ao preço, foi aberto o leque da 4x2 para a transmissão manual de cinco marchas, no entanto com os mesmos itens de série da automática, como banco do motorista com ajuste de distância, inclinação e altura; coluna de direção com regulagem de altura e profundidade; controle de velocidade de cruzeiro, faróis de neblina e rodas de 17". A SR 4x2 manual vem por R$108.990.

Na configuração SUV, competindo direto com Mitsubishi Pajero e Outlander, Ford Edge e Kia Sorento, a linha também cresceu, oferecendo mais itens de série, mas sem precisar evoluir ao diesel. A nova SRV flex de sete lugares vem com airbags laterais e de cortina; assento do motorista com ajuste elétrico em distância, inclinação e altura; ar-condicionado automático; bancos de couro; computador de bordo em tela de TFT, paddle shift; painel com detalhes em madeira e o botão Push Start, entre outros equipamentos. O preço local é de R$ 181 mil.

Sob demanda

Exclusivamente para venda direta há duas novas versões: a Hilux diesel 4x4 Narrow cabine dupla com transmissão manual de seis marchas por R$ 139.850 e SW4 SR diesel 4x4 automática com cinco lugares de R$167.498. Todas já estão liberadas para venda.

Ficha técnica

Motor: 2.8l turbo diesel
Potência: 177 cv a 3.400 rpm
Torque: 45,9 kgf.M a 1600 - 2.400 rpm
Transmissão: automática de seis velocidades sequencial
Ângulo de ataque: 31º
Ângulo de saída: 26º
Vão livre do solo: 286mm
Tração: 4x2, 4x4 e 4x4 reduzida com acionamento eletrônico, com bloqueio do diferencial
Tanque: 80 litros
Capacidade de carga: 1000kg
Preço: R$ 165.100
Fonte: Toyota Newland

*A repórter foi ao evento a convite da Toyota do Brasil

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.