Importada

Nissan Frontier: 12ª geração da picape é aprovada nas trilhas

Apresentada em versão única, modelo vindo do México está disponível nas concessionárias locais por R$ 166.700

Motorização: O motor a diesel de 2.3l é combinado ao câmbio automático ( Divulgação )
00:00 · 20.03.2017 por André Marinho* - Editor
Modelo vem com mais itens de segurança, com os controles de tração e estabilidade, os freios ABS com controle eletrônico de frenagem e assistência de frenagem e a introdução dos controles automático de descida e auxílio de partida em rampa (HSA)
Com o painel de instrumentos, o motorista navega entre nove telas disponíveis, que mostram funções como computador de bordo e detalhes sobre combustível

Direto do México, a grandalhona da Nissan tem novidades para fazer frente a concorrência. Além do visual renovado, com mais cromados, a nova suspensão traseira tem molas helicoidais. O motor é o 2.3 litros a diesel biturbo e entrega 190 cv de potência e 46m.kgf de torque. O câmbio automático tem sete velocidades com opção sequencial, montados em uma estrutura de chassi com nova carroceria. O modelo chega em versão única (LE) por R$ 166.700 e já está disponível nas concessionárias locais: Fort Nissan e Nissan Jangada.

O test-drive teve como cenário o Haras Tuiuti, velho conhecido da imprensa especializada nacional. Com direito a vários trechos off-road, verificamos os atributos do veículo em terrenos sem aderência. A 12ª geração da picape enfrentou os trechos sem medo de atolar ou de perder a estabilidade.

Reconhecida por sua força, a totalmente nova Frontier traz como um dos seus destaques a estrutura ainda mais resistente que a geração anterior, com um chassi reforçado, quatro vezes mais forte, ao mesmo tempo em que é mais leve e eficiente. O conforto e a segurança também foram ampliados nessa nova geração. Entre seus itens de série estão os bancos “Gravidade Zero”, que foram inspirados na tecnologia desenvolvida pela NASA para eliminar a fadiga e melhorar o conforto.

O veículo também traz o multimídia “Nissan Multi-App”, que conta com 2 Gb de espaço para baixar os aplicativos de preferência, além de muito mais segurança com os controles de tração e estabilidade VDC (Vehicle Dinamic Control), freios ABS com controle eletrônico de frenagem (EBD) e assistência de frenagem (BA). Recebeu ainda os controles automáticos de descida (HDC) e auxílio de partida em rampa (HSA), luz de freio de LED (CHMSL) e luzes diurnas (DRL).

O seu painel de instrumentos é de TFT (Thin Film Transitor), de fácil visualização, e tem diversas funções, semelhantes ao Kicks. Além de poder visualizar as informações do tacômetro, por meio dos comandos localizados no volante, o motorista pode navegar entre nove telas disponíveis, que mostram informações como o computador de bordo, as configurações do sistema de áudio e os detalhes da economia de combustível. Também é possível a configuração do controle do chassi e do sistema de assistência ao motorista.

A comodidade no interior ainda é ressaltada por detalhes funcionais, como as três tomadas de 12V; as entradas auxiliares USB, a conexão para iPod; o Bluetooth, os cinco suportes para copos e os onze compartimentos para acomodar objetos. Fora isso, a Frontier conta com confortos extras. É o caso dos cinco ajustes elétricos do assento do motorista (frente, trás, inclinação, ângulo, altura e lombar) e do ar-condicionado digital de duas zonas com saídas atrás.

História

A tradição da Nissan na fabricação de picapes – são mais de 14 milhões de unidades comercializadas em mais de 180 países em oito décadas – ajudou a projetar a nova Frontier com o objetivo de atender com segurança, agilidade e robustez diversos tipos de uso: trabalho pesado, viagens de fim de semana </MC> e também deslocamentos diários em centros urbanos, sempre com conforto de um carro de passeio.

Ficha técnica

Motor: 2.3litros biturbo
Potência: 190 cv
Torque: 46m.Kgf
Câmbio: Automático de 7 marchas
Fabricação: México
Preço: R$ 166.700

*O editor viajou a Tuiuti (SP) a convite da Nissan

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.