Top 5

Motos que marcaram época

Selecionamos cinco modelos que - cada uma em sua década -, desde os anos 1950, colecionam fãs

A Vincent Black Shadow foi lançada em 1948 como a primeira moto de série a superar a barreira dos 200 km/h de velocidade máxima real. Ela é tida por muitos, graças a tudo isso, como a primeira verdadeira superbike do mundo
00:00 · 25.09.2017 / atualizado às 13:38 por Levi de Freitas - Repórter
Outro ícone de duas rodas é a Harley-Davidson Hydra-Glide. Ela foi utilizada por Marlon Brando no filme "O Selvagem", de 1953, e acabou influenciando toda uma geração de aficionados pela liberdade e adrenalina do motociclismo
A Ducati 996 é uma superesportiva produzida de 1999 a 2002 usada em eventos de corrida. Ela trazia peças de fibra de titânio e carbono que a tornavam mais leve e, com isso, ajudavam a atingir os 259 km / h de velocidade máxima
A Kawasaki GPZ 900R Ninja foi desejo de consumo de muita gente nos anos 80. Primeiro membro da família Ninja, ela foi imortalizada no cinema ao ser utilizada por Tom Cruise no filme 'Top Gun'. Ela é precursora das esportivas modernas
Honda CB 750: desembarcou no Brasil nos anos 70 e é considerada a 'mãe' das superbikes. Foi durante alguns anos referência máxima em termos tecnológicos com seus quatro cilindros em linha, transversal

Sabe aquela moto que só de bater o olho você já lembra um monte de histórias bacanas? Tentamos selecionar cinco modelos que, de uma forma ou de outra, marcaram época e jamais saíram da memória afetiva de quem gosta, o mínimo que for, do mundo das duas rodas.

A Vincent Black Shadow, tida como a "mãe" das superbikes, assombrou o mundo quando surgiu, em 1948, superando a barreira dos 200 km/h em velocidade real, algo inacreditável para aquela época. O segredo dela - que passou a ser repetido - era o peso, inferior ao das demais concorrentes.

Ícone do cinema, a Harley-Davidson Hydra-Glide dispensa apresentações. Ela foi a moto símbolo de uma geração embalada pela rebeldia de Hollywood e pelo nascimento do rock 'n roll, nos anos 50.

Também lembramos da Honda CB 750. Lançada no fim dos anos 60, tinha o singelo apelido de "Sete Galo". Era desejo de muitos mas realidade para poucos. Durante vários anos a lendária moto foi tida como a referência máxima em termos tecnológicos do mercado.

Lembramos ainda da Kawasaki Ninja, que foi eternizada por Tom Cruise nos cinemas. Quem não se imaginou guiando a máquina, nos anos 80? Até hoje, ainda arranca suspiros, por seu visual moderno, arrojado e agressivo.

Por fim, mas não menos importante, a Ducati 996. A caçula da lista foi lançada no fim dos anos 90 e virou símbolo de poder e velocidade. Não há como não se sentir intimidado pelo ronco do motor de 996 cc e quatro válvulas dessa máquina.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.