competição

L200 Triton Sport HPE levantou poeira

O caderno Auto testou a versão intermediária por cerca de 143km em Fortaleza durante o Mitsubishi Motorsport

00:00 · 30.10.2017 por Camila Marcelo* - Repórter
Image-0-Artigo-2314924-1
Ligada no 4x4 asfalto, dunas, lama e muita areia batida fizeram parte da planilha do evento
Image-1-Artigo-2314924-1
Mais de 150 carros da marca participaram da prova, entre eles estavam os modelos ASX, L200 e Pajero. Para fechar a temporada, a 10ª etapa será em Mogi Guaçu no dia 25 de novembro. As inscrições começam dia 13 ( Fotos: divulgação )
auto 4
Ao lado dos cearenses, Pernambuco também estava em peso no pódio, tanto no quadro geral como pela oitava etapa do Mitsubishi Motorsport, entre eles está o navegador João Paulo que conquistou o segundo lugar ao lado do piloto João Carlos

Cronômetro disparado, foi dada a largada para tirar o máximo da versão HPE automática da L200 Triton Sport. Seja no deslocamento, quando velocidade e percurso não interferem a pontuação, ou durante a prova, o carro entregou conforto. Passar em uma lombada ou erosões não gerava impactos para coluna, tanto no assento do motorista como passageiro. O veículo somente chacoalhou forte quando teve uma longa sequência de buracos.

E durante a competição, fora zerar o hodômetro mais de vinte vezes, foi preciso também variar muito entre os modos 4x2, 4x4 e reduzida. Para isso, veio em boa hora o sistema de Tração Super Select II, o qual permite alternar entre as opções só girando um botão. Inclusive, é possível fazer até mesmo com o carro em movimento, ótimo para quando o tempo estava apertado. Apenas para o "low" é que foi necessário pôr no neutro.

Uma curiosidade é que o modelo tem uma função de dissipador de água para trechos alagados. Assim, a água não é projetada para o para-brisa, sendo lançada às laterais. Porém, não teve jeito, a lama avançou durante a etapa, atrapalhando a visão do motorista. Graças que as palhetas entraram em ação, fazendo uma limpeza eficiente.

É comum não observar esse quesito na compra de um carro, no entanto, durante a competição, todo segundo deve ser dedicado para atentar-se ao trajeto percorrido, seja por seus obstáculos ou tipo de terreno, no caso de Fortaleza, muitas dunas e lama. Mas, a mesma vantagem de limpar a maior área possível de maneira rápida vale também quando é preciso fazer ultrapassagens na estrada. Segundos a mais sem visão podem gerar sérios acidentes.

Já quando um atoleiro apareceu no meio do caminho, a picape cruzou sem pestanejar. A sua imersão é de 600 milímetros. A força veio do motor 2.4 turbo diesel com 190 cv de potência.

Equipamentos

Outros itens foram ainda mais que bem-vindos durante o caminho, é o caso do ar-condicionado de duas zonas. Ponto positivo também ao baixo ruído no interior, devido à dupla vedação nas portas. Completando a lista de série: piloto automático, controle de estabilidade e tração, volante revestido em couro com ajuste de altura e profundidade, assistente de rampa, sistema de multimídia com tela de 7" sensível ao toque com GPS integrado, faróis de neblina, bancos revestidos em couro, rodas de liga leve aro 16, entre outros.

Competição

Mais que uma das dez etapas da temporada 2017 do Mitsubishi Motorsport, Fortaleza fechou o ciclo Nordeste da competição. Entre os mais de 150 veículos participantes estava o carro do navegador João Paulo Rodrigues, que subiu no pódio como "graduados" por sua classificação geral e ainda por esta 8ª etapa.

"A gente vinha liderando o campeonato, infelizmente cometi um erro e acabou que fiquei em segundo no campeonato. Porém, foi muito bom ter subido no pódio", lembra.

Ele veio direto de Pernambuco junto a outras quinze duplas para participar do evento. "Levamos gente para Salvador e Aracaju também. A gente organiza o Rally PE, fazemos cinco provas em Pernambuco, e aqui a gente vem brigar pelo pódio também. Eu consegui a terceira colocação no campeonato categoria turismo", acrescenta Fábio Galindo, piloto e presidente do Rally PE.

A competição ainda não acabou! A última etapa da competição será no dia 25 de novembro. A temporada 2017 encerrará no Autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu. As inscrições, com limite de 204 vagas, começam no dia 13.

Ficha técnica

Motor: 2.4l turbo diesel

Potência: 190 cv a 3500 rpm

Torque: 43,9 kgf.M a 2500rpm

Câmbio: automático/manual

Consumo: 9,8 km/l (cidade) e 11,8 km/l (estrada) na automática / 10,1 km/l (cidade) e 13,2 km/l (estrada) com câmbio manual

Medidas: imersão - 600 mm

Ângulo de entrada/saída: 30º/22º

Inclinação lateral/ rampa: 45º/ 26º

Altura livre do solo - 220 mm

Preço:

Triton Sport HPE Top - R$ 174.900

Triton Sport HPE - R$ 154.900

Triton Sport GLS - R$ 131.900

Fonte: Mitsubishi Mito

*A repórter participou do Mitsubishi Motorsport a convite da Mitsubishi Motors

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.