Touring

Honda CR-V: mais completo

Agora em nova geração, modelo é importado direto dos EUA e chega em versão única mais top: a Touring

00:00 · 02.04.2018 por Camila Marcelo* - Repórter
Traseira harmônica tom o design de todo o carro; porta-malas tem excelente capacidade para 522 litros e 1084 com bancos rebatidos
Interior conta com painel de instrumentos de 7" digital e head-up display. E vem com partida do motor remota e trancamento automático após distância de 2m

O SUV chega à quinta geração com novas medidas, como 5,3cm a mais de espaço no banco traseiro às pernas, 3,8 cm de acréscimo de distância até o solo e 51 litros extras no porta-malas, disponibilizando um total de 522 litros. Embaixo do capô, a novidade é o primeiro motor turbo do modelo: o 1.5 a gasolina, o mesmo usado no Civic Touring, sendo que com 17 cv de diferença, para mais diversão a bordo.

São 190 de potência que contribuem - e muito - nas ultrapassagens, principalmente se bagageiro e todos os assentos estiverem ocupados. Antes, era 2.0 de 155 cv, a parte positiva era ser flex, mas a Honda acredita que o melhor desempenho vai compensar a oferta exclusiva de gasolina no tanque. Ele é combinado ao câmbio CVT, que não desapontou nas mudanças de velocidades constantes no percurso de 73 km de São Paulo a Itatiba.

A tração está na lista das alterações e ganhou mais agilidade na distribuição de torque às rodas traseiras, de até 40%, com base na condição de rodagem.

E para o mercado brasileiro, além dessas novidades, o modelo veio com mudanças também do "remetente". Importado anteriormente do México, que está responsável agora apenas pelo Fit e HR-V, o utilitário chega direto dos EUA. Além disso, não mais é oferecido na configuração EXL e, sim, na Touring. Ou seja, mais equipamentos embarcados. Entre as novidades, está o head-up display que pode ter sua tela levantada ou recolhida (e ajustada a altura das informações) por botões próximos a porta do condutor. Já os dados exibidos são escolhidos por outros botões no volante. Parece muito, porém tudo é bem intuitivo e pode ser feito com o carro parado, o que ajuda muito.

Tem de série ainda rodas em alumínio aro 18, painel de instrumento de 7" digital colorida, oito alto falantes, multimídia de 7" com navegação nativa e agora compatível com o Apple CarPlay e Android Auto.

Destaco também os seis airbags, três tomadas USB, teto solar elétrico, partida elétrica remota do motor na chave, freio de estacionamento elétrico com Brake Hold (que mantém a pressão do freio depois que o pedal é liberado, dando tempo ao motorista para acelerar e retomar o movimento com suavidade) e função LaneWatch, que utiliza uma câmera localizada no retrovisor direito para mostrar uma imagem em ângulo aberto da via na tela central. A imagem é exibida ao acionar o pisca da direita ou um botão na ponta da alavanca do pisca. Esse foi o item mais utilizado no test-drive, devido principalmente pelo grande número de motociclistas andando no corredor de carros.

E inédito em um Honda, ele vem com abertura da porta traseira por meio de um movimento do pé. Assim como todos os carros que tem esse sistema, às vezes não funciona na primeira tentativa. Para ajudar no conforto, os bancos do motorista tem 8 ajustes elétricos e o do passageiro dianteiro são 4. Para melhorar, a função de massagem nos bancos frontais cairia bem.

Direção

Dos equipamentos não vistos, mas sentidos na prática estão: controle de tração e estabilidade, freios ABS com EBD e monitoramento indireto da pressão de pneu, que usa a velocidade das rodas coletada pelo ABS para descobrir se a pressão caiu abaixo do valores recomendados.

Uma tecnologia inédita que estreia no modelo é o "Active Shutter Grille", que diminui o arrasto aerodinâmico em velocidade de cruzeiro, melhorando diretamente a eficiência no consumo na estrada.

Variedade

De escolha, há apenas as cores externas: branco, vinho e preto perolizados e cinza metálico. No interior, são três opções de acabamento: marfim (para o branco e vinho), preto (para o cinza) ou cinza (para o preto) O preço é R$ 179.900.

Já distribuído às concessionárias, estarão disponíveis apenas 500 unidades para 2018.

Ficha técnica

Motor: 1.5l turbo a gasolina
Potência: 190 cv a 5600 rpm
Torque: 24,5 kgfm a 2000 - 5000 rpm
Transmissão: CVT
Bagageiro: 522 litros (até tampa) / 1.084 litros (bancos rebatidos)
Cores: Lunar Silver (Metálica), White Diamond , Cristal Black e Basque Red (Perolizadas)
Preço: R$ 179.900

Fonte: Honda Brasil

*A repórter viajou a São Paulo (SP) a convite da Honda

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.