MIT BIKE

Evento com bikes na concessionária Mito

Capacete será obrigatório durante todo o passeio; caso não tenha bicicleta, terá opção de alugar uma no ponto de encontro ( FOTO: ARQUIVO )
00:00 · 09.04.2018
Concessionária Mito, na Avenida Washington Soares, em frente ao Centro de Eventos, será o ponto de partida do Mit Bike ( Fotos: arquivo )

Andar de bike virou febre no Brasil. Em Fortaleza não é diferente. Sabendo disso, a concessionária Mito Mitsubishi decidiu criar o Mit Bike, próximo sábado (14), às 15h30min. O evento é aberto ao público, não precisa ser cliente Mitsubishi.

Segundo o gerente de vendas da autorizada Mitsubishi Mito, Cesar Gioseffi, a previsão é de que 80 pessoas participem com suas bicicletas. "E o capacete será obrigatório", lembra.

E quem não tem bike pode ir também, pois no local vai ter para alugar. As inscrições podem ser feitas no local e na hora marcada, sem nenhum custo. E o melhor, ao final acontecerá sorteio de bonés e camisas.

O percurso terá 20 km. Após sair da Washington Soares, o comboio segue para Aldeota, Centro e Praia de Iracema. Em seguida Beira Mar e Mucuripe. "Teremos momentos de hidratação com água e depois também vamos receber o comboio com frutas na concessionária Mito", diz o gerente.

A segurança será a premissa básica durante todo o passeio de bike, com todos respeitando o comboio e com uma velocidade reduzida.

Algumas recomendações para quem participar e anda constantemente de bike.

A condução segura da bicicleta tem um potencial de protegê-lo muito maior que o simples uso do capacete, principalmente se você não pretende fazer manobras arriscadas ou abusar da velocidade. É comum associarmos o uso da bicicleta com esporte radical ou atividade de risco, mas pedalar de forma consciente e sem abusos oferece tanto risco quanto atravessar a rua com cuidado.

E, ao contrário da crença popular, capacete não é obrigatório por lei para o ciclista. Apesar disso, recomendamos seu uso, especialmente para quem está começando, pois a habilidade em se equilibrar mesmo em situações adversas vem com o tempo e a prática.

Claro que um capacete diminui a chance de traumatismo craniano, assim como uma joelheira diminuiria a chance de machucar os joelhos (e isso tanto para ciclistas quanto para pedestres que caminham em calçadas mal conservadas).

Mas tenha em mente que ele não lhe protegerá dos carros, apenas de você mesmo. Pedale com atenção e cuidado, para não precisar colocá-lo à prova. E importante: não faça bullying com quem prefere não utilizá-lo.

Luvas e óculos

Não são imprescindíveis, mas convém usar. As luvas são importantes por dois motivos. O primeiro é que a pele pode ficar irritada pelo apoio contínuo na manopla; o outro é que, se você cair, tentará parar a queda com a mão, esfolando toda a palma se estiver sem luvas.

No frio, as luvas "fechadas" (de dedo inteiro) tornam-se importantes para suas mãos não enrijecerem com o vento gelado, o que pode até atrapalhar na hora de frear.

Já os óculos oferecem uma proteção importante contra poeira e outras partículas que podem entrar nos seus olhos com o vento, bloqueando sua visão temporariamente, o que pode criar uma situação desagradável e até perigosa.

Com essas dicas o passeio vai ser inesquecível. Então, saia de sua zona de conforto e atenda ao convite da Mito.

Mais informações:

I Mit Bike Mito. Dia 14, 15h30min. Na Mito (Av. Washington Soares, 1100). Bikes de aluguel no local também. Inscrições: 85-3278-8181 85- 98842-1011. Aberto ao público

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.