Novidade

Conheça a picape mais potente do Brasil

Volkswagen Amarok com motor V6 e 225 cv de potência

13:04 · 23.02.2018 / atualizado às 13:06

Picape com recursos de segurança, inovação e conectividade, a Volkswagen Amarok é agora também a mais potente, com a introdução da versão V6 Highline. A novidade, que traz o motor 3.0 V6 TDI (turbodiesel) de 225 cv, chega às concessionárias da marca em fevereiro, com preço sugerido de R$ 184.990, para complementar a oferta da picape.

 

A Amarok V6 Highline tem configuração de carroceria cabine dupla e extensa lista de itens de série, que inclui recursos como faróis bixenônio com luzes de uso diurno de LEDs, sistema de auxílio ao estacionamento com câmera de ré, sistema de freios pós-colisão e os mais modernos recursos de infotainment do mercado. Visualmente, se diferencia das demais versões pelos logotipos na grade do radiador e na tampa traseira e pelos retrovisores pintados na cor Preto Mystic, com detalhes cromados. A Amarok V6 Highline está disponível nas cores Branco Cristal (sólida), Preto Mystic (perolizada), Prata Sírius e Cinza Indium (metálicas).

De última geração, o novo motor tem 3 litros de cilindrada e combina tecnologia de injeção direta common-rail de combustível e turbocompressor de geometria variável. Esse motor possui acionamento dos comandos por correntes, que não requerem manutenção, e circuitos separados de arrefecimento para o cabeçote e o bloco, o que permite melhor gerenciamento da temperatura de funcionamento.

Com ele, a Amarok V6 Highline torna-se a picape mais potente e de maior torque em seu segmento no mercado brasileiro. São 225 cv disponíveis na ampla faixa de 3.000 rpm a 4.500 rpm. E o torque é de 550 Nm (56,1 kgfm), entregue já a partir de apenas 1.500 rpm e mantendo-se pleno até as 2.500 rpm.

Em relação ao já eficiente motor quatro-cilindros 2.0 biturbo que equipa as versões Trendline e Highline automáticas (todas de cabine dupla), o ganho é de 25% em potência (45 cv a mais) e de 31% no torque (130 Nm, ou 13,3 kgfm).

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.