Carro desligado consome bateria - Auto - Diário do Nordeste

Curiosidade

Carro desligado consome bateria

11.10.2011

Inspeção na parte elétrica pode identificar fugas da carga e evitar descarregamento precoce da bateria; ter um eletricista de confiança é a dica fundamental nessa hora
Inspeção na parte elétrica pode identificar fugas da carga e evitar descarregamento precoce da bateria; ter um eletricista de confiança é a dica fundamental nessa hora
FOTO: ALEX COSTA
A tecnologia e modernidade dos veículos faz com que a bateria seja mais exigida. E mesmo com o carro desligado, a parte elétrica continua sendo consumida

Esquecer a luz interna do carro ligada é típico de um início de transtorno por bateria descarregada. Porém, o que poucos sabem é que acessórios como rádio, alarme e rastreadores também consomem energia, mesmo que o veículo não esteja ligado. Eles possuem a chamada corrente stand by ou de fuga e, dependendo da instalação e da qualidade desses produtos, essa ação pode agravar-se e o acumulador pode descarregar em apenas um dia.

Essa característica de sugar a energia da bateria independe da origem do material, porém ser ou não original pode interferir, pois, segundo Raimundo Bacelar, gerente de Engenharia e Desenvolvimento da Baterias Moura, os acessórios recomendados pelos fabricantes são devidamente testados e analisados quanto a corrente de fuga, então estão dentro das especificações e são mais adequados ao uso.

Dentre os artigos mais usados em automóveis, os rádios e demais sistemas de som são os que consomem mais energia. Uma dica para evitar essa ação natural é retirar a frente do aparelho ao sair do carro.

Parece um acessório inofensivo, mas, dependendo do rádio, a corrente de stand by pode chegar a 800mA a qual, com uma bateria de 60Ah, pode descarregar totalmente o carro em três dias.

No caso de uma situação com interna, se compararmos a uma de 5W, o tempo de consumo duplica, sendo seis dias o período para descarregar.

Depois de descarregar

Se você for iniciante na direção e constatar o problema na bateria, o mais indicado é acionar o seguro ou um eletricista de confiança. Caso já tenha experiência quando o assunto é mecânica, a primeira ação é ter em mãos os cabos adequados para fazer transferência de energia e verificar se eles não estão danificados.

Depois, localize os símbolos negativo e positivo identificados na parte superior da bateria, conecte cada uma ponta de cada um dos cabos a um polo e faça a ligação deles com a bateria que irá carregar, geralmente usada de um outro carro auxiliar, em seus respectivos polos.

Somente uma acelerada no carro de apoio é suficiente para o veículo retomar as rédeas do carregamento. Para garantir que a bateria está completa, não desligue o carro e deixe-o funcionando de 15 a 20 minutos.

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999