Raid Suzuki Sol: emoção e união

Quase 200 km de trilha, onze horas de duração, 27 carros no comboio e três no apoio: Raid Suzuki Sol Icapuí

Quando a agenda é divulgada, os amantes das trilhas já ficam ligados para garantir o seu lugar. Os raids promovidos pela concessionária Suzuki Sol são inesquecíveis. Bem organizados, seguros e com uma equipe de apoio única, sempre levam emoção, união e solidariedade pelo caminho - no verdadeiro espírito off-road.

A equipe de apoio, formada por três veículos e três condutores é um show a parte. Paulino Rocha, um dos pilotos mais experientes e seguros no off-road, a todo momento orienta os participantes pelo rádio, dando dicas de como e onde usar a tração 4x4, ou 4x4 com reduzida, para enfrentar os pisos mais irregulares.

Além dele, Paulo Amary, que abre o comboio sempre levando segurança e dando traquilidade aos participantes sobre como e por onde ultrapassar os obstáculos. Outro indispensável é Germano Barbosa, consultor de vendas da Suzuki Sol, apaixonado por trilhas, motores e pessoas, levando simpatia a todo o momento.

A aventura começou na concessionária Sol, na Av. Santos Dumont, no Cocó. De lá todos seguiram pela CE para Beberibe. Naquela cidade, o comboio foi orientado pela equipe de apoio para a correta calibragem dos pneus.

"Muito importante, porque cada veículo tem sua calibragem individual, o que vai possibilitar andar em terrenos sem aderência", explicou Paulo Amary, enquanto secava o pneu do Jimny, jipinho valente da Suzuki que tem coragem e aguenta os trancos pelo caminho.

Além do Jimny, donos de New Vitara, Grand Vitara e S Cross também participaram e eram constantemente orientados pelo rádio sobre como proceder na trilha.

Image-1-Artigo-2338017-1

As hélices de parque eólico marcaram presença durante boa parte do percurso, como em Fortim, momento em que os veículos também tiveram de ultrapassar um rio com uma balsa 

Depois de Beberibe, muitas dunas, terrenos com pedra, lama e até mangue fizeram parte do percurso. Detaque para a parada em Fortim, quando o comboio teve de ultrapassar o rio usando um balsa para chegar do outro lado, onde estava Canoa Quebrada.

Quatro Jimnys por balsa poderam atravessar. Com carros maiores só poderiam ir dois por balsa. Mais um momento fantástico e com cenários exuberantes. Depois de lá, mais emoção rumo a Ponta Grossa e Icapuí.

Com alguns poucos atolamentos pelo caminho e sempre a equipe de apoio contornando tudo e fazendo acontecer com emoção e segurança.

"Esse é o espírito do evento, dos raids e do off-road, segurança e solidariedade sempre", ex´plica Paulino Rocha.

Com o tempo passando e começando a escurecer, o comboio começa a ficar preocupado com a maré, pois muito desse passeio foi feito pela beira mar.

Mas nada abalava os incansáveis participantes que ajudavam quem estava em dificuldades e prosseguiam com tranquilidade pelo caminho.

Na chegada em Icapui, no hotel, show musical, sorteio de brindes e um jantas para os participantes, felizes com os resultados.

Calendário para 2018

Para o próximo ano outro calendário será montado. Segundo Germano Barbosa, após o carnaval deve acontecer a primeira etapa, "possivelmente com um destino de serra, pois em 2017 fizemos só praia", adiantou Germano.

Com certeza mais momentos de emoção, união, integração com a natureza e solidariedade, que tanto fazem a diferença nos dias de hoje.

Mais informações

Concessionária Sol Suzuki
End: Av. Santos Dumont, 6211
Bairro: Cocó
Fone: 85-3265-8585
www.suzukisol.com.br