Volvo XC60 em suas versões diesel

Com duas opções a gasolina, SUV ganha duas também a diesel

Novidade: assistente de direção semiautônoma (Pilot Assist), que atua até 130 km/h; fora isso, tem sensores dianteiro e traseiro

A Volvo quer uma fatia maior de vendas na categoria SUV premium. Para bater de frente com o seu concorrente direto, o Land Rover Discovery Sport, a sueca começa agora a oferecer o XC60 com o motor 2.0 turbo a diesel.

No test-drive, nada a reclamar. Nem ao menos o barulho forte de diesel havia para incomodar. O seu desempenho na estrada fez jus ao turbo escrito na ficha técnica, seja na aceleração ou retomada, e isso é graças, grande parte, ao Power Pulse, que permite o arranque do modelo sem atraso por meio de sistema de ar comprimido.

Quantos aos números, a potência é de 235 cv e a aceleração é feita em 7,2 segundos. Quem quiser pisar um pouco mais fundo, o motor a gasolina 2.0 turbo de 257 cv ainda é oferecido à gama. Nas duas configurações, a transmissão é automática de oito marchas e ambas estão disponíveis em duas opções de acabamento: Momentum e Inscription.

Equipamentos

Fora o motor, a linha 2019 não mudou no visual, mas ganhou mais itens de série. É o caso, em ambas as versões, da cadeira infantil incorporada ao banco traseiro. De fácil manuseio, com uma mão, sem precisar de força, é possível mudar a posição do assento para uma criança dentro dos quesitos legais e de segurança.

Além disso, a opção de entrada conta com painel de instrumentos digital de 12,3". E se o banco de couro não for suficiente, a top traz os assentos em couro perfurado com ventilação, tendo os dianteiros ainda suporte lateral e apoio elétricos para as pernas. Fora o ajuste com memória para motorista, o passageiro também passa a contar nesse facelift. Para completar a lista de adicionais, o painel de bordo vem com revestimento.

A versão de entrada também passa a ter controle de cruzeiro adaptativo, com o qual o veículo automaticamente acelera ou freia baseado na velocidade do carro da frente e na distância que o motorista quer manter: perto, médio ou longe, que pode ser alterado com um leve toque no volante, de forma bem fácil e intuitiva.

Outra novidade na lista é o assistente de direção semiautônoma (Pilot Assist), que atua até 130 km/h. Fora isso, tem ainda câmera de estacionamento e sensores dianteiro e traseiro.

A Inscription traz o alerta de colisão traseira, de alerta de ponto cego e de tráfego cruzado. A top tem disponível também o "mitigação de pista oposta", o qual auxilia o motorista que invade a faixa oposta, oferecendo suporte automático à direção e levando o veículo de volta ao seu lado da pista. O sistema é ativado entre 60 e 140 km/h. Todos esses itens já foram incorporados desde a mudança de geração no ano passado. O modelo chega a partir da linha 2019 importado da sua planta na China em quatro opções de interior e onze de exterior.

Ficha técnica

Motor: 2.0l, 4 cilindros, diesel
Potência: 235 cv a 4.000 rpm
Torque: 48,9 kgfm a 1.750 rpm
Transmissão: automática, 8 marchas
Tração: integral
Consumo: 11km/l (urbano) e 14 km/l (rodoviário)
Velocidade máxima: 220 km/h
Aceleração 0-100 km/h: 7,2 seg.
Versões/preços:
Momentum: R$ 275.950
INSCRIPTION: R$ 289.950