Novo Virtus chega a partir de R$ 59.990

Sedan da Volkswagen oferece três configurações e muitos opcionais cheios de equipamentos; conheça as versões

O Auto está em São Paulo (SP) testando o novo Volkswagen Virtus, que chega no próximo mês às concessionárias. Com 4,48 m de comprimento, 521 l de capacidade no porta-malas e porte de sedan médio, modelo foi desenvolvido com foco na América Latina e terá o Brasil como o seu primeiro mercado do mundo. No País, ele estará disponível em três configurações, duas motorizações e duas transmissões diferentes, com preço a partir de R$ 59.990. Confira as versões abaixo:
 
MSI - R$ 59.990
 
Opção de entrada será equipada com o motor 1.6 de até 117 cv e câmbio manual de cinco marchas. A potência máxima é de 117 cv com etanol e 110 cv com gasolina a 5.750 rpm, com torque máximo de 162 Nm com etanol e 155 Nm com gasolina, ambos a 4.000 rpm. Com esse propulsor, acelera de 0 a 100 km/h em 9,8 segundos e atinge 195 km/h de velocidade máxima (etanol).
 
De série, vem com ar-condicionado, vidros elétricos nas quatro portas (os dianteiros possuem função “um-toque” para fechamento e abertura), travas elétricas, direção com assistência elétrica, faróis de dupla parábola e chave tipo “canivete” com controle remoto.
 
Além disso, tem computador de bordo, para-sóis iluminados para motorista e passageiro, tomada de 12V no console central, suporte para celular no painel com entrada USB para carregamento e regulagem de altura para o banco do motorista.
 
Como opcional, tem dois pacotes: o primeiro, “Connect”, inclui sistema de infotainment Composition Touch, I-System, volante multifuncional, "Park pilot" (sensores de estacionamento traseiros), Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC) e roda de liga leve de 15” “Scimitar” com pneus 195/65 R15. O segundo, “Safety”, traz o Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC) e todos os recursos atrelados a ele, como ASR, EDS e HHC.
 
Comfortline 200 TSI - R$ 73.490
 
O motor é o 1.0 turbo TSI combinado à transmissão automática de seis velocidades. A potência máxima é de 128 cv com etanol e 115 cv com gasolina a 5.500 rpm, com torque máximo de 200 Nm de 2.000 a 3.500 rpm. Com esse motor, o Virtus acelera de 0 a 100 km/h em 9,9 segundos e atinge velocidade máxima de 194 km/h (dados com etanol).
 
De equipamentos, a intermediária vem a mais com banco traseiro bipartido, coluna de direção ajustável em altura e distância, Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC), faróis de neblina com função “cornering light”, sistema de infotainment Composition Touch com tela de 6,5” sensível ao toque, rodas de liga leve de 15”, sensores de estacionamento traseiros, ajuste elétrico dos retrovisores externos, descanso de braço dianteiro com porta-objetos, lanternas traseiras escurecidas, volante multifuncional, entre outros recursos.
 
Ela conta ainda com dois pacotes opcionais: o primeiro, “Tech I”, inclui sistema “Kessy” para abertura e fechamento das portas sem uso da chave e partida do motor por botão no console central, controlador automático de velocidade de cruzeiro, sensores de estacionamento dianteiros, retrovisor interno eletrocrômico, volante multifuncional com “shift paddles”, sensores de chuva e crepuscular e função coming/leaving home e rodas de liga leve de 16” “Nick” com pneus 205/55 R16.
 
O segundo pacote, “Tech II”, inclui aos itens do anterior o sistema “RKA” (indicador de pressão dos pneus), ar-condicionado digital Climatronic, sistema “s.a.v.e” de divisão do porta-malas (e rede porta-objetos), porta-luvas refrigerado, câmera traseira, detector de fadiga, sistema de frenagem automática pós-colisão, volante multifuncional revestido de couro com “shift paddles” e detalhes em preto brilhante na cabine.
 
Highline 200 TSI - R$ 79.990
 
Topo de linha, o motor é o mesmo da Confortline com alguns recursos a mais: sistema “Kessy” de abertura das portas sem uso da chave e partida do motor por botão, controlador automático de velocidade de cruzeiro, ar-condicionado “Climatronic” (com ajuste digital de temperatura), banco do passageiro dianteiro rebatível também para frente, descanso de braço dianteiro com porta-objetos, porta-luvas refrigerado, faróis de neblina com função “cornering light” (luz de conversão estática), luz de condução diurna (DRL) em LED ao lado dos faróis de neblina, rodas de liga leve de 16”, sobretapetes, volante multifuncional revestido de couro com “shift paddles” e detalhes em preto brilhante na cabine.
 
Mesmo com extras, tem mais três pacotes opcionais. O primeiro traz revestimento dos bancos em couro sintético Native. O segundo, “Tech High”, inclui sensores de estacionamento dianteiro, sistema “RKA” de indicador de pressão dos pneus, sistema “s.a.v.e” de divisão do porta-malas (e rede porta-objetos), antena “tubarão”, câmera traseira para auxílio no estacionamento, detector de fadiga, espelho retrovisor eletrocrômico, faróis com a função coming/leaving home, Sistema de Frenagem Automática Pós-Colisão, sensores de chuva e crepuscular e sistema de infotainment “Discover Media” de 8 polegadas. O terceiro pacote, “Technology”, adiciona ao anterior o Active Info Display e rodas de liga leve de 17” “Razor”, com pneus 205/50 R17.