Nova Mercedes Classe C

Motor mais econômico e potente tem tecnologia híbrida

Sedan de luxo e premium mais desejado do País, o Classe C ganhou mudanças na linha 2019. Montado em Iracemápolis (SP), ele chega em novembro às 
concessionárias em quatro versões, com preços entre R$ 187,9 mil e R$ 259,9 mil. A maior novidade é o C200 EQ Boost, de R$ 228,9 mil. Ele é equipado com um motor 1.5 turbo a gasolina que produz até 197 cavalos. Destes, 14 cv são fornecidos pelo alternador.
Vamos explicar como funciona. Chamado BSG (do inglês Belt-driven Start Generator), esse sistema faz com que o alternador armazene energia na bateria convencional de 12 volts (como fazem os alternadores comuns) e também em outro acumulador de 48 V durante desacelerações e frenagens. Quando é preciso, ele devolve essa eletricidade em forma de força extra durante acelerações ou para ajudar a manter o carro em movimento. A tecnologia resulta em redução de consumo em até 10%, segundo a montadora. Essa característica fez com que o C200 EQ Boost fosse classificado como híbrido pelo governo. As versões C 180 Avantgarde e Exclusive continuaram com o motor flex 1.6 turbo, que tem 156 cavalos. No C 300 Sport, o 2.0 turbo passou de 245 para 258 cavalos. A linha 2019 é uma atualização da quinta geração do Classe C, que no Brasil representa 39% das vendas de automóveis Mercedes-Benz.

Mudanças
Do lado de fora, é fácil conferir a mudança dos faróis, agora com LEDs. Em vez de canhões de luz ou parábolas, há oito pequenos projetores, que direcionam a  iluminação para onde ela realmente deve chegar. O para-choque dianteiro também mudou. Outra alteração ocorreu na estrela do centro da grade. Ela era  vazada, mas teve as aberturas fechadas para proteger o radar utilizado em conjunto com uma câmera no para-brisa em sistemas de segurança. Desde a versão C 180 Avantgarde, de entrada, o Classe C 2019 traz sistema ativo de frenagem, que ajuda a evitar impactos e acidentes em caso de distração do motorista. O câmbio automático tem nove velocidades e aletas para troca de marcha atrás do volante. Controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, volante multifuncional com novos comandos sensíveis ao toque e novo sistema multimídia com integração para Waze também estão no Avantgarde 2019.
A versão C180 Exclusive custa R$ 188,9 mil, apenas R$ 1 mil a mais que a Avantgarde. As principais diferenças estão na grade dianteira, que também oculta o  radar, mas é inteiriça e substitui a grande estrela central por outra menor sobre sua moldura. Por dentro, o acabamento interno preto brilhante dá lugar à madeira. 
No C 300, além do motor mais potente, a Mercedes adotou novas rodas de cinco raios com fundo preto. O console central usa madeira preta e a grade tem acabamento com detalhes cromados. 
Testamos por 142 quilômetros em trechos de cidade e estrada a nova versão C 200 EQ Boost, equipada com o motor 1.5 turbo e o sistema BSG. O funcionamento é bastante suave em qualquer situação e o silêncio interno é impressionante, mesmo acima de 4 mil rpm. A tocada do veículo é excelente. 
Estabilidade e desempenho a toda prova. O câmbio automático de nove marchas ajuda a manter as rotações baixas, mas também “acorda” rápido e promove  reduções de marcha quando percebe que o motorista quer desempenho. As retomadas de velocidade e ultrapassagens são sempre rápidas com a nova versão.
De acordo com a Mercedes, o EQ Boost vai de zero a 100 km/h em 7,7 segundos e a velocidade máxima é limitada eletronicamente em 239 km/h. Os materiais
empregados e o acabamento são impecáveis, os bancos têm ajustes elétricos e seguram bem o corpo. O volante também traz ajustes elétricos (de altura e profundidade) e não é difícil encontrar a posição ideal de dirigir.
O quadro de instrumentos do C 200 EQ Boost (e também do C 300 Sport) substitui instrumentos físicos por uma tela de cristal líquido de alta definição com três apelos: clássico, esportivo e dinâmico. A central multimídia tem tela de 10,2 polegadas. O espaço interno do Classe C é bom também para quem viaja no banco de trás. O porta-malas tem capacidade para 435 litros. Em Fortaleza, a Classe C também está no topo da preferência do cearense e é o sedan premium mais
vendido do segmento.

Novo Classe C chega em novembro à rede de concessionárias em quatro versões, com preços entre R$ 187,9 mil e R$ 259,9 mil. A maior novidade é o C200 EQ Boost, de R$ 228,9 mil. Ele é equipado com um motor 1.5 turbo a gasolina que produz até 197 cavalos. Destes, 14 cv são fornecidos pelo alternador.

Ficha Técnica
Motor: 1.5l turbo gasolina/1.6 l flex turbo/2.0l
Potência: 197 cv/156 cv/258 cv
Câmbio: automático, 9 velocidades
0-100 km/h: 7,7 segundos
Velocidade Máxima: 239 km/h (limitada eletronicamente)
Porta-malas: 435 litros
Versões/Preços: C180 Avantgarde R$ 187,9 mil/C180 Exclusive R$ 188,9 mil/ C200 EQ Boost R$ 228,9 mil/ e C300 Sport R$ 259,9 mil