Futuros veículos da Volvo terão 25% de plásticos reciclados

Para demonstrar a viabilidade desse compromisso, a empresa revelou uma versão especialmente construída do XC60 T8

Volvo XC60
A Volvo Cars anunciou que, a partir de 2025, pelo menos 25% dos plásticos utilizados em todos os novos modelos serão de material reciclado.
 
A marca sueca também pediu aos fornecedores da indústria automotiva que trabalhem mais de perto com os fabricantes de automóveis para desenvolver componentes da próxima geração que sejam tão sustentáveis quanto possível, especialmente no que diz respeito ao uso de mais plásticos reciclados.
 
Para demonstrar a viabilidade desse compromisso, a empresa revelou uma versão especialmente construída do XC60 T8, seu utilitário esportivo híbrido plug-in, idêntico ao modelo existente, mas com vários de seus componentes plásticos substituídos por equivalentes de material reciclado.
 
O interior especial do XC60 tem um console de fibras renováveis e plásticos de redes de pesca e cordas marítimas descartadas. No piso, o carpete contém fibras feitas de garrafas PET e uma mistura de algodão reciclado de sobras de fabricantes de roupas. Os assentos também usam fibras PET de garrafas plásticas. Bancos de carros usados da Volvo foram usados para criar o material absorvente de som sob o capô do modelo.
 
O XC60 com plásticos reciclados foi revelado no Ocean Summit durante a parada da Volvo Ocean Race em Gotemburgo. O foco da regata na sustentabilidade está centrado em uma parceria com a campanha das Nações Unidas de despoluição dos oceanos.
 
No mês passado, a Volvo Cars comprometeu-se a erradicar os plásticos descartáveis em todas as suas instalações e eventos até o final de 2019. Em 2017, a empresa anunciou um compromisso pioneiro na indústria em eletrificar todos os novos carros lançados após 2019. No mês passado, a Volvo Cars reforçou essa estratégia, afirmando que as vendas de veículos elétricos devem representar 50% das unidades comercializadas globalmente da marca em 2025.
 
Em termos de instalações, a Volvo Cars pretende ter operações de fabricação neutras em relação ao clima até 2025. Em janeiro deste ano, a fábrica de motores em Skövde, na Suécia, tornou-se sua primeira instalação neutra em relação ao clima.