Cuidados pós-trilha

Nunca deixe seu veículo sem uma super manutenção depois de enfrentar trilhas off-road

OFFROAD

Seu carro 4X4 foi feito para enfrentar terrenos difíceis e situações com areia, água, lama e pedras. Ele até pode parecer indestrutível, mas não é. Por isso, precisa de manutenção antes e depois de encarar as trilhas off-road. É muito comum os trilheiros de final de semana se preocuparem com o antes e não atentarem para  os cuidados pós-trilhas, que vão evitar desgastes que diminuem a vida útil de componentes ou que prejudicam o bom funcionamento do veículo até uma nova revisão. 
O ideal é que os serviços sejam executados por mecânicos especializados, mas algumas verificações você mesmo pode fazer ao voltar de uma “trip”.  Consultamos o mecânico Pedro Dias e ele nos orientou.
No motor, é importante identificar a presença de vazamentos de água e de óleo. Verifique as mangueiras, suportes e coxins para observar se não apresentam defeitos ou se estão realizando alguma força em outras peças móveis, como correias e polias do motor. Muito barro e água no cofre do motor é sinal de que você precisa investir em anteparos de borracha, protegendo o motor do arremesso de barro pelos pneus. Geralmente são instaladas placas de borracha nos paralamas
dianteiros ao lado das longarinas.
Se houver água e barro no filtro, invista num Snorkel ou utilize uma mangueira de borracha, posicionando a tomada do filtro voltada para a traseira do veículo.
Atente para a presença de vazamentos e folgas nas saídas dos cardãs dianteiro e traseiro. Se estiver com folga, geralmente é só apertar a porca de fixação da luva. 
Em caso de água nos eixos e caixa de transferência e transmissão, pode somente ser necessário trocar as mangueiras e elevar a válvula respiro, ou pode ser sinal de desgaste dos retentores na ponta-de-eixo. Troque o óleo caso esteja contaminado. 
É importante verificar a presença de folga ou de vazamento de óleo e de graxa nos rolamentos dos cubos, munhões, ponta-de-eixo traseira e luva do pinhão. 
Observe se não há cortes ou algo de estranho nos pneus e se as rodas apresentam alguma trinca. Verifique a regulagem dos freios e observe se existem vazamentos de fluido em flexíveis ou canos cortados. Se você tem freios a tambor, é recomendável retirar as panelas e lavar o sistema.  O barro é abrasivo, estraga  as lonas e reterá umidade, o que pode ocasionar corrosão.
Na suspencão, verifique o estado dos jumelos, buchas, amortecedores e batentes e também se no trajeto da suspensão ao pneu há algum sinal de contato, que
percebe-se quando a tinta foi removida. Isto pode ser sinal de que você abusou ou que existem componentes com folga. Amortecedores para off-road garantem
maior eficiência. 
Na parte elétrica, verifique se todos os sistemas estão operando. Em particular, se há sinal de barro ou excesso de água no alternador e motor de arranque. Em caso positivo, providencie a desmontagem e limpeza. Pode ser necessário instalar anteparos de borracha para proteção. Verifique se o chicote e os conectores dos faróis e lanternas estão livres de umidade e barro. Em caso afirmativo, proteja-os com silicone ou fita isolante.
As articulações da coluna de direção e trambulador da transmissão devem ser lavados e engraxados, caso necessário. 
Uma lavagem técnica é recomendada como opção básica de manutenção, pois normalmente inclui a revisão de alguns desses sistemas - além, é claro, de deixar  seu veículo em condições normais de uso até a próxima aventura.

DICAS PARA LAVAR SEU POSSANTE
1 - A sujeira e as manchas podem provocar danos na pintura do veículo
2 - As manchas podem desgastar a pintura e também causar a corrosão da lataria
3 - O melhor local para lavar o carro é na sombra
4 - A carroceria não deve estar quente para não causar manchas
5 - A sujeira na parte inferior do carro pode provocar ferrugem
6 - Enxuguar com panos macios, limpos e sem fiapos
7 - Encerar o carro a cada lavagem. Isso protege a pintura contra os danos dos raios solares e da poluição
8 - Nas rodas e nos pneus, limpá-los com água e sabão neutro e uma escova de cerdas macias
9 - Não se deve utilizar óleo ou qualquer outro produto derivado do petróleo para auxiliar a limpeza, pois podem ressecar e provocar danos na borracha, diminuindo a vida útil do pneu 
10 - Para deixar as rodas brilhando, lave-as periodicamente
11 - Os produtos utilizados na limpeza do veículo devem ser apropriados para lavagem automotiva
12 - Evite detergentes domésticos, querosene e óleos