5 cuidados com a bateria da moto

Conheça alguns cuidados necessários para manter ou até mesmo aumentar a sua vida útil

bateria da moto
Caso o sistema não funcione, não realize a chamada "chupeta"
Para uma vida longa da bateria da moto, o especialista Tiago Peruci, responsável técnico da MXF Motors, distribuidora exclusiva da MotoBatt no Brasil dá as dicas:
 
Não deixe a moto parada por muito tempo. A falta de uso ou a rodagem por curtos períodos contribui significativamente para o descarregamento da bateria. É importante não deixar parada nem por uma semana.
 
Madeira no pé. A sugestão é o uso de um apoio de madeira ou borracha no "pezinho" que sustenta a moto quando parada, pois como a peça é de ferro e está em contato com o chão, cria-se uma corrente que dissipa a energia da bateria. Com isso, ela pode durar até 6 meses sem ser utilizada.
 
Check-up periódico. Mesmo que a bateria não mostre sinais de defeito, é recomendado examiná-la periodicamente para evitar futuros problemas. Se a bateria possuir mais de um ano ou se for utilizar a moto em uma viagem longa, é ideal fazer uma inspeção na oficina.
 
No frio. A moto deve ficar ligada com o afogador funcionando até esquentar. Caso ela seja utilizada apenas nos fins de semana, deve-se liga de duas a três vezes por semana durante 5 a 10 minutos. Para não ter problemas com o funcionamento do motor é indicada a utilização de uma bateria com maior CCA (Corrente de Partida a Frio).
 
E se parar de funcionar? Caso o sistema não funcione na hora de ligar a moto, a indicação é chamar socorro mecânico e não realizar a chamada "chupeta", conectando cabos especiais a uma bateria de outra moto ou carro. Isso pode danificar os componentes elétricos de ambos os veículos.