Cinquenta tons de black

Marcas apostam em versões com a cor preta em destaque para ganhar público diferenciado

foto
Jeep Compass ganhou versão Night Eagle com motores flex ou diesel, mas diferencial no visual, rodas e também na cabine

Carros invocados, com enfoque na cor preta estão conquistando as ruas do Brasil em versões especiais lançadas pelas montadoras. Aqui destaco em detalhes três exemplos, o Audi Q3 Black Edition, a Chevrolet Tracker Midnight e o Jeep Night Eagle.

O primeiro da lista a chegar nas concessionárias foi o Audi Q3 Black Edition. Disponível apenas na versão com motor 1.4 TFSI Flex, recebe uma série de equipamentos e retoques no visual para ficar com estilo mais esportivo e dinâmico. Baseado na versão Ambiente, a versão tem acabamento interno de alumínio, computador de bordo colorido, teto solar panorâmico "Open Sky", abertura e fechamento elétrico da tampa do porta-malas, pacote de luzes, teto interior na cor preta e sistema de som Bose.

Na parte de design, o carro recebe kit esportivo S Line, capas dos espelhos retrovisores externos pretas, frisos decorativos na cor High Gloss Black (preto brilhante) e rodas exclusivas de liga leve de 18". Os atributos do motor 1.4l turbo, com 150 cv são potencializados pela transmissão com seis velocidades.

Outra opção para quem quer carros soturnos, estilo Batman, é a edição especial Night Eagle do Jeep Compass. A série está disponível com o motor 2.0 flex ou com o 2.0 turbodiesel.

Baseada na versão intermediária Longitude, o modelo recebeu a pintura em preto brilhante nas rodas de 18 polegadas, na grade dianteira, nas molduras dos faróis de neblina e em todos os emblemas. No interior, o mesmo tom também aplicado nas molduras do console central e das saídas de ar.

O pacote de equipamentos inclui os controles de tração e estabilidade, direção elétrica, câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro, ar-condicionado de duas zonas, volante multifuncional revestido em couro, bancos de couro e central multimídia Uconnect de 8,4 polegadas compatível com Android Auto e Apple Car Play.

São diferenciais da série o som premium Beats (com 9 alto-falantes e subwoofer), faróis de xenônio, acendimento automático dos faróis, sensor de chuva e espelho retrovisor eletrocrômico.

E a novidade que chega nas lojas em outubro é o SUV Chevrolet Tracker Midnight. Com carroceria na cor metálica preto Ouro Negro - incluindo as maçanetas e o friso da tampa traseira. Vem com faróis com máscara negra com assinatura em LED e com rodas de alumínio aro 18 escurecidas. O desenho da roda é exclusivo da série.

O modelo tem a gravata Chevrolet com fundo preto em vez do tradicional dourado. Por dentro, a cor predominante é igualmente escura, encontrada no revestimento premium dos bancos, volante, portas/painel. Já detalhes do console central e das molduras do ar-condicionado e do multimídia são em tom brilhante top.

Ficha técnica

Modelo: Jeep Compass Night Eagle
Motor: 2.0 l flex/2.0 l turbodiesel
Potência: 166 cv/170 cv
Rodas: 18 polegadas
Transmissão: automática
Preços: R$ 120 mil a R$ 150 mil
Fonte: montadoras
Modelo: Chevrolet Tracker
Motor: 1.4 turbo flex
Potência: 153 cv
Torque: 24,5 kgfm
Transmissão: automática 6 velocidades
Preço: ainda não revelado
Modelo: Audi Q3 Black
Motor: 1.4 l, flex
Potência: 150 CV
Torque: 250 Nm, entre 1.500 e 3.500 rpm
Transmissão: automática, 6 vel.
Preço: R$ 184.990