HÁ UMA DÉCADA

Pesca movimenta varejo de Acaraú

01:07 · 28.04.2010
( )
Apesar dos rescaldos da crise financeira internacional, 2009 foi um ano muito bom para a Acaraú Pesca

A pesca movimenta a cidade de Acaraú, no litoral leste do Estado. Com esta atividade ancorando a economia local, o comerciante Antônio Geraldi da Silveira consegue manter sua loja e oficina de peças e equipamentos para pesca, há dez anos.

"Oferecemos material de reposição para embarcações, num negócio que começou com nossos pais", comenta ele.

A maior parte das peças vem de fora do Estado, sobretudo de São Paulo. Além de comercializá-las, a Acaraú Pesca confecciona alguns itens e presta o serviço de conserto. "Os barcos são muito artesanais e sempre precisam de reparos", explica.

De acordo com Geraldi, 2009 foi um ano bom, apesar do rescaldos da crise financeira internacional. "O gargalo foi o fato de a pesca da lagosta ter apresentado um forte impacto negativo, por conta da queda das exportações para os Estados Unidos, país que viveu o epicentro da crise e cuja moeda se desvalorizou", contextualiza.

Assim, a crise fez cair bastante o poder aquisitivo dos pescadores de Acaraú. Reduziu a compra de material mas movimentou a oficina, já que a saída foi fazer reparos.

Geraldi acrescenta que não esperava estar entre os maiores contribuintes de ICMS da Região Norte/Sobral. Figurando no ranking pela primeira vez, ele acredita que a premiação é um estímulo ao empresariado, para que continue sendo parceiro do Estado. "Tenho visto muitos investimentos estaduais aqui na região", menciona o empresário que mostrou-se surpreso da empresa estar entre os homenageados de 2009.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.