Segurança

Blindadora ganha certificação Dupont

Detalhe explica a utilização do aço e do material Kevlar em um sedan, na ilustração um Audi A4; em SUVs médios a redução de peso também é grande, o que não afeta no prazer de dirigir e pouco também no consumo de combustível
00:00 · 09.07.2018
O cuidado na escolha dos materiais e o uso do Kevlar resultou na homologação pela empresa multinacional Dupont ( Fotos: divulgação )

Apenas seis empresas do Brasil tem uma certificação da multinacional Dupont em relação a tecnologia de ponta em segurança utilizando o material Kevlar. Uma delas é a Defenza Blindagens, que atua desde 2011 no mercado cearense. Ela é a única do Norte Nordeste a ter essa homologação.

"A Dupont é uma marca que possui 420 patentes no mundo e detém todos os direitos sobre os materiais de segurança do exército americano e europeu e pra nós foi motivo de honra ter esse reconhecimento", explica Israel Lisboa, diretor da blindadora. "Passamos por aferições e foi constatado que todos os veículos que a Defenza blindou, desde o princípio, utilizaram Kevlar, que é o material usado para balística em coletes, tanques de guerra, capacetes de uso militar. Então no nível de proteção civil que o Brasil permite, o Kevlar oferece maior eficiência com menor peso e a chancela de uma marca mundialmente renomada".

O especialista explica que o mercado passou a ter acesso a tecnologias para dar leveza na blindagem dos carros com maior segurança. "E o Kevlar, tecido resultado da composição de camadas do fio Dupont, traz a mesma proteção, tornando até oito vezes mais leve a mesma superfície a frente do aço e usamos 85% desse material na proteção balística, somado a escolha de vidros também com estrutura leve e tecnologias novas, os vidros são leves e a nossa blindagem resulta em muita leveza", explica. Segundo ele, tomando como exemplo um SUV médio como o Jeep Compass, ele fica com um peso a mais de 160 kg em relação ao peso total, que antes ultrapassava os 250 kg e em alguns veículos, até 300 kg ou 320 kg. De acordo com Israel, isso impacta menos nas peças e o prazer de dirigir é similar ao veículo original e consumo de combustível também.

Devido ao uso de materiais de alta qualidade a empresa dá garantia de dez anos nos veículos blindados.

Manutenção

Tanto o veículo blindado como o original precisam de manutenções periódicas. "Peças internas, suspensão e outras sofrem um pouco com a blindagem, então é preciso fazer uma manutenção de seis meses ou dez mil quilômetros, o que ocorrer primeiro, numa revisão de baixo custo tabelado, mas que garante qualquer reparo nesse período em garantia. Usamos sempre produtos certificados com documentos homologados pelo Exército em eficiência e disponibilizamos os atestados em nossa empresa que garante a eficiência balística, tanto no material opaco (Kevlar e aço) e o material transparente, que são os vidros", conclui ele.

Mais informações

Defenza Blindagens. End.: Rua Ramos Botelho, 88. Bairro:Papicu

Fone: 85-3104-4141/ 85-98168-4141/85-98815-4141

www.defenzablindagens.com.br

auto

16.07.2018

Alucinados por trilha

O Auto foi conhecer o grupo "Desorganização Offroad" e sua curiosa história de fundação, que completa 4 anos