Sertão de Crateús

Três pessoas da mesma família são mortas em Quiterianópolis

Dois irmãos gêmeos, um tio e a mãe dos jovens foram obrigados a entrar em uma picape

Local das execuções em Quiterianópolis. ( VC Repórter / Diário do Nordeste )
10:58 · 14.07.2018 / atualizado às 14:03
Três pessoas da mesma família foram mortas a tiros, neste sábado (14), por volta das 6h20min, entre as localidades de São Francisco e Monteiro, na zona rural de Quiterianópolis, no Sertão de Crateús, a 410 km de Fortaleza.
 
É o segundo caso de assassinatos simultâneos ocorridos no Ceará nas últimas 24 horas. Na última sexta (12), cinco pessoas foram assassinadas na comunidade de Cafundó, em Palmácia. Os corpos foram achados em um matagal, com as mãos atadas nas costas e marcas de tiro na cabeça. 
 
[ Errata às 13h ] - Do contrário do que fora anteriormente informado por fontes policiais, às 11h, a mãe de duas das vítimas está viva e internada na Santa Casa de Misericórida em Sobral em estado gravíssimo com um tiro na cabeça.
 
Como ocorreu o crime
 
Dois irmãos gêmeos e um tio estavam no curral de uma propriedade rural quando três homens armados desceram de uma picape e os obrigaram, junto à mãe deles, a entrarem em um carro. Mais à frente, na estrada, disparos de armas de fogo foram efetuados contra a família.
 
As vítimas são os irmãos José Josailton Gonçalves Cavalcante e José Jocey Gonçalves Cavalcante, de 25 anos; e o tio deles, Cícero Gonçalves do Nascimento, 53 anos. A mãe dos jovens, identificada como Joana de Deus Gonçalves, a 'Deusa', foi socorrida com ferimento na cabeça.
 
Investigações
 
O delegado regional da Polícia Civil em Tauá, Adriano Andrade, e equipe estão em Quiterianópolis realizando as investigações sobre o crime. O Município onde ocorreu o triplo homicídio está integrado na circunscrição da instituição em Tauá, distante 69 km. Levantamentos preliminares acerca das mortes indicam para uma possível rixa entre famílias. Porém, mais detalhes não foram informados.