Mercado

Dólar cai quase 3% e opera a R$ 3,28 na venda

A moeda dos EUA teve a sua maior alta desde 2003 no pregão de ontem (18), encerrando a R$ 3,39 na venda

09:36 · 19.05.2017 / atualizado às 10:45 por Redação Diário do Nordeste

Após dia de pânico nos mercados e uma alta histórica de mais de 8% do dólar na véspera, a moeda norte-americana abriu em baixa nesta sexta-feira (19). Às 9h20, pouco após o início do pregão, o dólar já caía 1,82%, operando a R$ 3,32 na venda e continua em trajetória de queda nesta manhã, caindo quase 3% por volta de 10h40, quando o dólar era vendido a R$ 3,288.

O dólar comercial teve a sua maior alta desde 2003 na sessão de ontem (18), encerrando a R$ 3,39 na venda. O dólar à vista subiu 8,68% e encerrou o pregão a R$ 3,73. A alta da moeda dos EUA influenciou ainda na cotação do dólar turismo, que teve dia de instabilidade nas casas de câmbio.

Intervenções

Com o dia atípico, o Banco Central atuou fortemente para conter a alta da moeda norte-americana por meio de swaps cambiais, que equivalem à venda futura de dólares. A autoridade monetária vendeu US$ 4,4 bilhões no mercado futuro.

Ilan Goldfajn afirmou ontem (18) que haverão mais leilões hoje, na segunda (22) e na terça-feira (23). O Tesouro Nacional também afirmou que intervirá e fará leilões de compra e venda de títulos púlbicos.