coluna

Gestão Ambiental: Temperatura crescente

maristela

Gestão Ambiental

MARISTELA CRISPIM

O Serviço Copernicus de Mudança Climática, órgão da União Europeia, publicou a primeira de várias análises que virão nos próximos dias confirmando que 2016 foi, de fato, o ano mais quente da história. Segundo a agência europeia, a média de temperatura do ano passado foi de 14,8o C. Ela foi 0,2oC mais alta do que a de 2015, até então o recordista absoluto de calor. No total, a Terra chegou a 1,3oC acima da média da era pré-industrial. É um valor perigosamente próximo do limite de 1,5o C que os países se comprometeram a tentar atingir no Acordo de Paris, de 2015. Este limite pode ser chamado de "centro da meta" da inflação climática da humanidade.

A China começa 2017 com o dilema de como continuar crescendo sem criar as imensas nuvens carregadas de partículas tóxicas que cobrem parte do país desde o começo do ano. Especialistas afirmam que a poluição impõe um custo anual e de 3% a 3,5% do Produto Interno Bruto (PIB) ou mais, pois economia ainda é movida a carvão de má qualidade, que precisa ser queimado em maior quantidade. 

Conservação

O uso público é um serviço ambiental e cultural oferecido pelas Unidades de Conservação (UCs) que, além de movimentar a economia, deve ser encarado como um aliado da natureza, afinal, quanto mais as pessoas têm acesso e conhecem as UCs, mais elas advogarão a favor do meio ambiente. Essa é uma das conclusões da recém-publicada tese de doutorado em Ecologia de Thiago Beraldo, analista ambiental do ICMBio.

Certificação

Uma boa notícia no Brasil é que a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável aprovou a criação do Certificado de Energia Solar, Eólica e do Resíduo (Ceser), a ser concedido pelo poder público a empresas que produzirem energia eólica, solar ou energia elétrica por meio do tratamento térmico de resíduos urbano, industrial, hospitalar ou lodo de esgoto.

"São 20 anos de uma conquista muito importante. A Lei de Recursos Hídricos é fundamental para a sustentabilidade no que se refere à água"

Sarney Filho
Ministro do Meio Ambiente

Bom

Monitoramento

O Instituto Nacional do Semiárido (Insa), em parceria com a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) pelo Laboratório Analyctis do Departamento de Sistemas e Computação (DSC) lançou o sistema Olho N'água, uma versão interativa de monitoramento dos reservatórios do Semiárido brasileiro.

Mau

Despreparo

O verão já começou no Hemisfério Sul e vai até 20 de março. A estação é marcada por fortes chuvas, principalmente nas regiões Sul e Sudeste. Apesar de serem habituais, a maior parte dos municípios brasileiros ainda carece de planejamento urbano para evitar que resultem em desastres que trazem prejuízos sociais e econômicos.

A C&A, vai promover, no dia 24 de janeiro, visita monitorada à sua loja Eco, no Centro de Porto Alegre. Os interessados devem fazer a inscrição pelo site sustentabilidade.Cea.Com.Br/visita, até 17 de janeiro. Os participantes terão acesso a todas as instalações, poderão conhecer o funcionamento e as ações desenvolvidas pela marca que fizeram com que a unidade conquistasse o selo Leed. Além disso, poderão visitar o telhado verde.

 
 

Últimos Artigos