volta por cima

Junior Cigano se recupera no UFC com vitória sobre Blagoy Ivanov

Realizado no sábado (14), UFC Boise teve como luta principal o retorno do brasileiro, que venceu com decisão unânime dos jurados

09:30 · 15.07.2018 / atualizado às 09:34
Júnior Cigano
Cigano, duelo duro e possível revanche ( reprodução/ UFC site )

Além da pressão pelo retorno ao Ultimate Fighting Championship (UFC), Junior Cigano teve pela frente o duro desafio de encarar o estreante Blagoy Ivanov. Na luta principal do UFC Boise, realizado no sábado (14), o brasileiro viu um oponente de qualidade, mas após cinco rounds, acabou vencedor por unanimidade dos jurados. Diante do bom resultado, Cigano já mira uma futura revanche contra o ex-campeão Stipe Miocic.

Após a luta de recuperação, em entevista ao site oficial do UFC, Cigano elogiou o adversário e não descartou o desejo do reencontro com Miocic. "Ivanov é um cara duro, que tinha apenas uma derrota na carreira, e merece estar aqui no UFC. Você normalmente não solta jabs contra caras canhotos porque eles são bons em contra-atacar esse golpe, mas eu achei espaço para eles e o resultado veio naturalmente. Não sei o que virá a seguir, mas uma revanche contra o Stipe Miocic seria muito bem vinda", destacou o lutador.

Seguro

Controlando a distância e se valenco do boxe, Cigano evitou a pressão do rival. Ivanov buscou contragolpear, mas o brasileiro conseguia manter a distância e encaixar os golpes. Essa foi a tônica de boa parte da luta e Cigano só foi ameaçado no terceiro assalto, quando recebeu um cruzado em cheio no rosto.

Apostando na segurança, ao final dos cinco rounds, Cigano foi declarado o vencedor por decisão unânime, conquistando sua 13ª vitória em 17 lutas no UFC e se tornando o terceiro lutador na história dos pesos-pesados com mais vitórias na organização, atrás apenas de Andrei Arlovski e Frank Mir, com 16 cada.

Estreias 

Além de Junior Cigano, outros dois brasileiros estiveram em ação na noite de sábado. Em sua estreia pelo Ultimate, Raoni Barcelos teve atuação elogiada e derrotou o norte-americano Kurt Holobaugh por nocaute no terceiro assalto. Outra debute na franquia foi de Jennifer Maia, mas a lutadora não teve o mesmo roteiro do compatriota e perdeu para Liz Carmouche na decisão unânime dos jurados. No co-main event, após passar um susto no primeiro round, o jovem Sage Northcutt soube lidar com a adversidade e nocauteou Zak Ottow na segunda parcial, mantendo-se embalado na organização.

Resultados completos

Card principal

Junior Cigano derrotou Blagoy Ivanov por decisão unânime dos jurados
Sage Northcutt derrotou Zak Ottow por nocaute técnico no 2R
Rick Glenn derrotou Dennis Bermudez por decisão dividida dos jurados
Niko Price derrotou Randy Brown por nocaute técnico no 2R
Chad Mendes derrotou Myles Jury por nocaute técnico no 1R
Cat Zingano derrotou Marion Reneau por decisão unânime dos jurados

Card preliminar

Alejandro Perez derrotou Eddie Wineland na decisão unânime dos jurados
Alex Volkanovski derrotou Darren Elkins por decisão unânime dos jurados
Said Nurmagomedov derrotou Justin Scoggins por decisão unânime dos jurados
Raoni Barcelos derrotou Kurt Holobaugh por nocaute no 3R
Liz Carmouche derrotou Jennifer Maia por decisão unânime dos jurados
Mark De La Rosa finalizou Elias Garcia com um mata-leão no 2R
Jessica Aguilar derrotou Jodie Esquibel por decisão unânime dos jurados