Futebol Cearense

Ferroviário rescinde contrato com o goleiro Bruno Colaço e explica o caso em comunicado

Atleta não teria gostado de ficar de fora do time titular contra o Uniclinic, nessa segunda

15:07 · 13.03.2018 / atualizado às 15:08
bruno colaço
Bruno Colaço foi um dos grandes responsáveis pela classificação do Ferrão diante do Sport, pela Copa do Brasil ( Foto: Cid Barbosa )
O goleiro Bruno Colaço não é mais atleta do Ferroviário. O clube divulgou um comunicado em seu site oficial, nessa terça-feira, onde explica o motivo da saída do goleiro.
 
Colaço foi considerado um dos heróis da classificação do Ferrão na 2ª fase da Copa do Brasil, contra o Sport, ao defender duas cobranças na decisão por pênaltis, em plena Ilha do Retiro.
 
Confira o comunicado do clube coral:
 
A diretoria do Ferroviário Atlético Clube vem por meio desta nota esclarecer a situação pertinente ao goleiro Bruno Colaço.
 
Na noite do último domingo (11), ao tomar conhecimento que no jogo diante do Uniclinic, o goleiro Léo receberia a oportunidade de titular, Bruno Colaço, não se sentindo confortável com a situação, deixou a concentração, entrou em contato com a direção do Clube e pediu a rescisão do seu contrato.
 
Ressaltamos que qualquer jogador que o clube contrate, não vem com cadeira cativa de titular, todos aqueles que lá estão, lutam pelo seu espaço. O clube repudia a atitude tomada pelo até então jogador do FAC.
 
Também informamos que a decisão dos jogadores que são escalados e entram em campo, é de total autonomia da comissão técnica, a diretoria não interfere na decisão dos profissionais responsáveis.
 
Diante de todo este ocorrido, após conversa com a diretoria, informamos que Bruno Colaço não veste mais a camisa do Ferroviário. Agradecemos ao goleiro, durante o tempo que defendeu as cores do clube e desejamos sucesso ao atleta na sequência da sua carreira.