Luto

Morre Jório da Escóssia, pioneiro da odontologia no Ceará, aos 85 anos

O renomado odontólogo fundou a primeira clínica a realizar implantes osseointegrados no Estado

18:11 · 10.06.2018 / atualizado às 20:01
Jório da Escóssia
Dr. Jório Almir da Escóssia foi integrante da primeira turma de cirurgiões-dentistas formados pela UFC, exercendo sua profissão por mais de 50 anos ( Foto: Divulgação )

O Hospital Jório da Escóssia informou por meio de nota em rede social o falecimento de seu fundador Dr. Jório Almir da Escóssia, ocorrido neste domingo (10), aos 85 anos. O dentista e empresário deixou seu nome registrado na história do desenvolvimento da Odontologia em todo o país, sobretudo no Ceará. "Seus exemplos diários de amor pela profissão, dedicação aos pacientes e pioneirismo serão eternos. Sua vocação inspirou seu filho, Dr. Jório da Escóssia Jr., e sua neta, Dra. Nathália da Escóssia, a também trilharem caminhos na Odontologia", completou a nota.

Dr. Jório Almir da Escóssia, nasceu em 13/02/1933, e foi integrante da primeira turma de cirurgiões-dentistas formados pela Universidade Federal do Ceará (UFC), exercendo sua profissão por mais de 50 anos. Em 1959, ele fundou a Clínica Jório da Escóssia, sendo a primeira no Ceará a realizar implantes osseointegrados e também a primeira empresa médico-odontológica a receber o Certificado ISO 9002.

Sempre à frente dos negócios, buscando modernização e qualidade, Dr.Jório da Escóssia transformou a clínica em Hospital, sendo um centro de aplicação das mais avançadas técnicas da Odontologia mundial. "Perdi meu pai, Jório, meu guia, meu exemplo de pai, homem e profissional", relatou o filho em sua rede social. 

O velório será realizado na Funerária Ethernus, à partir das 17 horas deste domingo (10), e a missa de corpo presente amanhã (11), às 9 horas e o sepultamento às 11 horas, no Cemitério Parque da Paz.