Sobre o jornalismo que não se deixa diminuir