Luto precisa ser vivido, segundo especialista

Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade indica necessidade de atenção para aqueles que perderam familiares e pessoas de convívio para melhor aceitação da morte sem prejuízos à saúde física e mental