Endometriose profunda é forma mais agressiva da doença

A doença atinge cerca de 10 milhões de brasileiras e não tem cura