'O Sacrifício do Cervo Sagrado': e o absurdo da tragédia