Ana Miranda: O pensamento tem pontuação?