Vítima teria falado mal da gestão do prefeito

Marcelo Arcanjo se apresentou à Polícia, ontem, e confessou o crime ocorrido em Santana do Acaraú