Vítima e suspeito foram processados juntos

Conforme os autos, José Gilmar e Stefferson Mateus respondiam juntos por um roubo, cometido em 2010