Polícia investiga origem de R$ 113 mil