Pistoleiro do PCC é condenado a pena de 32 anos

Wilson Trajano foi julgado, ontem, por um duplo homicídio cometido na cidade de Tabuleiro do Norte