Presos se rebelam e quebram grades na Cadeia Pública de Jaguaruana

O objetivo do grupo era matar detentos que respondem a crimes sexuais. A Sejus negou a informação de que internos foram feitos reféns