Presidente de comissão da OAB defende presença de tropas federais no CE

Já presidente do Conselho Estadual de Segurança Pública define chacina como “tragédia anunciada”