Para Eduardo Girão, ataques no Ceará são "atos terroristas"

O senador eleito cobrou bloqueadores de celulares em presídios.