Pai e filho empresários são presos por fraude em licitação

Francisco Dager Mourão de Albuquerque e Wendel Felício de Albuquerque são suspeitos de atuar como líderes de uma organização criminosa