Estado aguarda 2 mil homens para enfrentar facções

Agentes das forças federais começaram a chegar ao Ceará, com o objetivo de acabar com a série de ataques criminosos que já chega ao terceiro dia