Adolescente morto em confronto entre facções foi vítima de bala perdida

Daniel da Silva, de 14 anos, sonhava ser jogador de futebol