Membros da cúpula da Sejus e diretores de presídios afastados

MP e CGD deflagraram, ontem, a Operação "Masmorras Abertas". A investigação teve início em 2016