Execuções geram medo em Caucaia