Empresário envolvido em fraude é condenado a 22 anos de prisão

Acusado de crimes como corrupção ativa e falsidade ideológica, Fernando Alves Carneiro utilizava documentos falsos e foi apontado como beneficiário de esquema milionário de empréstimos na Caixa Econômica Federal