Acusado de comprar soltura foi mandante de massacre